Reader Comments

SPED

by Daise U (2019-04-02)


Efeitos Causados Pela Implantação Da Efd (Escrituração Fiscal Digital) Contribuições Nas Empresas Privadas.

EFEITOS CAUSADOS PELA IMPLANTAÇÃO DA EFD (ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL) CONTRIBUIÇÕES NAS EMPRESAS PRIVADAS.

A atual dificuldade das empresas está em transmitir adequadamente a EFD Contribuições, descomplicando o sped pois existem erros e advertências detectadas no arquivo transmitido para Receita Federal que próprio sistema fornecido pela Receita Federal não consegue identificar.

De modo geral, Sped consiste na modernização da sistemática atual do cumprimento das obrigações acessórias, transmitidas pelos contribuintes às administrações tributárias e aos órgãos fiscalizadores, utilizando-se da certificação digital para fins de assinatura dos documentos eletrônicos, garantindo assim a validade jurídica dos mesmos apenas na sua forma digital.

Sped tem como objetivos, coletar todas as infomações necessárias para suprir a necessidade dos fiscos municipal, estadual e federal, afim de resolver métodos de prevenção à fraudes, sonegações, com melhoramento do controle dos processos, a velocidade no acesso às informações e com isto a fiscalização fica mais efetiva com os dados dentro da auditoria eletrônica.

A economia de papéis dá um grande passo à favor da sustentabilidade, fazendo um meio ambiente com menos prejudicações, pois não será mais impresso todos os livros fiscais das empresas, solucionando toneladas por ano de papéis que não serão utilizados à este favor, favorecendo uma economia mundial e sustentável.

Desta forma, dos dados extraídos das entrevistas com os questionários foram realizadas análises interpretativas e relacionadas com a base conceitual do artigo, afim de atingir os objetivo principal, detectar vantagens e desvantagens da implantação do SPED.

Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), lançado em janeiro de 2007 pelo governo como parte do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), já começa a ocorrer em grande escala e vai levar à substituição gradual do papel pelo meio eletrônico como suporte das informações que garantem cumprimento das obrigações acessórias.

Com isso a ciência contábil deixou de ser uma técnica de escrituração e passou a se enquadrar na gestão gerencial da empresa, contribuindo no planejamento de tributos, assim adequando micro empresário nas formalidades entre receitas e custos para impor recursos provenientes em caixa para a manutenção da entidade.

Um dos principais percalços enfrentados pela implementação da escrituração pública digital, é que a solução trazida por emenda não abrange os fiscos dos municípios, ou seja, porque os impostos dessa esfera não são incluso no projeto, somente atende aos federais e estaduais.